Educação

Nova espécie de fungo: Pesquisador de Águas Belas publica artigo em revista internacional

Publicado dia 01/01/2020 às 20h12min | Atualizado dia 29/01/2020 às 13h58min
Texto resulta de uma pesquisa de brasileiros com colaboração de chineses e italianos e descobriu nova espécie de micro-organismo. A pesquisa tem investimento da CAPES, FACEPE e CNPq

Mais uma grande notícia para a comunidade águas-belense, desta vez, advinda do meio acadêmico. Jadson Bezerra, agora professor da Universidade Federal de Goiás, publicou no último dia 12/11/2019, um artigo sobre a descoberta de uma nova espécie de fungo intitulado: "Pseudoplagiostoma myracrodruonis (Pseudoplagiostomataceae, Diaporthales): a new endophytic species from Brazil", na revista “Mycological Progress”, da Sociedade Alemã de Micologia.
Jadson iniciou suas pesquisas na Universidade Federal de Pernambuco, o projeto só foi possível graças ao apoio de instituições brasileiras de estímulo e apoio a pesquisa, como: Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco – FACEPE, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq.
Segundo o pesquisador, a descoberta de uma nova espécie de fungo associada beneficamente com folhas da aroeira faz parte de um projeto de mestrado desenvolvido na UFPE. A espécie vegetal (Myracrodruon urundeuva) naturalmente encontrada em áreas da Caatinga, foi estudada entre os municípios de Serra Talhada e Triunfo, em Pernambuco.

Fonte: Pádua, A. P S. L.

Após estudo minucioso estudo, inclusive com sequências de DNA, chegou-se a conclusão que o fungo encontrado é uma espécie nova de Pseudoplagiostoma, onde ele foi localizado taxonomicamente.
“Com a parceria de pesquisadores da China e da Itália, os micologistas brasileiros publicaram o trabalho. A descoberta é um fungo endofítico (ele vive dentro da planta sem causar nenhum dano para o hospedeiro) e demonstra a necessidade de preservação da Caatinga e sua diversidade no ambiente natural. Ainda, fungos classificados assim podem ter diversos usos, inclusive no controle natural de pragas agrícolas, sobrevivência das plantas em condições estressantes e outros fatores ainda em estudo”, pontuou Jadson.

Bezerra et al. 2019. Mycological Progress.

Fonte: Ildebrando Gutemberg