Esporte

Orgulho de Águas Belas: Atleta campeã brasileira é exemplo de superação e conquistas

Publicado dia 19/02/2018 às 13h13min | Atualizado dia 30/04/2018 às 12h39min
A atleta coleciona títulos e conquistas e tem uma história de superação digna de filme Hollywoodiano. Confira:

Maria Fernanda Melo Rodrigues, de 32 anos, foi campeã brasileira de Judô no XVII Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô. Mas se isso não fosse o bastante, a atleta coleciona títulos e conquistas e tem uma história de superação digna de filme Hollywoodiano.

 

A história

Em entrevista especial para o IGS Web, Fernanda contou um pouco do início de sua carreira: “Comecei a praticar judô no ano de 2004 na cidade de Águas Belas, academia Sol Nascente com o Sensei João Ubirajara (mais conhecido por João Goiaba). Tive influência do meu tio Gerailton, meu irmão Fred, e meu primo falecido Adriano Marques, que também praticavam a arte. Comecei a competir também no ano de 2004, e disputei a minha primeira competição apenas com 3 semanas de treinamentos. Estreando na Copa Santa Sofia, onde disputei com atletas graduadas, mesmo ainda com pouca experiência, e poucos dias de treinos, fui campeã!”.

E continua a atleta: “A partir desse dia, disputei várias outras competições importantes como o meu primeiro Campeonato brasileiro tanto regional, quanto nacional de Judô, ambos na cidades de Aracajú (SE) e em Brasília (DF), na categoria Júnior, até 48 kg. Fui destaque por mais ou menos uns seis anos nessa categoria, sendo a primeira do hanking no Estado de Pernambuco. E me classificando para Competições importantes, sempre representando com muito orgulho, e levando o nome da nossa querida cidade Águas Belas ao lugar mais alto do pódio”.

 

Apoio e importância do esporte

Fernanda afirmou que aprendeu muito com o Judô, e agradeceu o apoio de familiares e do comércio de Águas Belas: “Dentro do tatame aprendemos não somente a nos defendermos, mas principalmente a respeitar o Sensei, os colegas de treino, os mais velhos, conter à ansiedade, agressividade, a raiva. Aprender e aceitar perder, ser honesto, higiênico, é responsável. O judô significa Caminho Suave, e através dos seus princípios e fundamentos, nos tornamos pessoas melhores dentro da sociedade. Eu amo o que eu faço, e faço com muito amor! ‘O judô não é apenas uma luta , em primeiro lugar é disciplina, saúde física e mental, como também educação!’”. Já com relação a apoios Fernanda afirmou: “Recebi sempre o apoio de toda a minha família, que até hoje sentem muito orgulho de mim! Como também de amigos, e comerciantes da nossa cidade”.

Títulos e participações no Judô e em outras modalidades esportivas

A atleta águas-belense tem um currículo de dá inveja, acumulando mais de 38 títulos de campeã, mais de 300 medalhas e mais de 20 troféus em diversas modalidades esportivas como: natação, futsal, moto Cross, handebol e tênis. Somente no Judô, Fernanda foi 13 vezes Campeã da Copa Santa Sofia, 6 vezes Campeã Agrestina, 13 vezes Campeã Pernambucana, 8 vezes Campeã Brasileira Regional, além do título mais recente e de maior peso: campeã brasileira de Judô no XVII Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô em 2017. Somando a isso pequenas copas e ainda a disputa de um mundial em 2013, onde a judoca enfrentou uma das maiores dificuldades de sua carreira: uma séria lesão no joelho que já vinha sofrendo desde 2011 a fez sair de maca. 

Maria Fernanda no VII Campeonato Brasileiro das Ligas de Judô

Fonte: Arquivo pessoal da atleta

 

Superação

A carreira no Judô lhe proporcionou muitas alegrias, como é possível observar com as dezenas de títulos. Contudo outra modalidade lhe trouxe aquilo que seria a maior provação na vida, onde em 2011 em um treino de sofre o que seria sua maior provação até ali. Onde a atleta nos contou de forma emocionada: "Rompi os ligamentos e o menisco, sofri por 6 anos, magoando sempre, e com medo de fazer a cirurgia. Mas mesmo com a lesão, não parava de treinar e de competir. Foi aí que em 2016 começaram a aparecer outros problemas, então resolvi fazer a cirurgia. Além das dores, no pós cirúrgico, foi detectado trombose venosa profunda na minha panturrilha, sofri bastante, mais a minha Fé me curou! Deus é maior que tudo!”.

E continuou: “Mesmo os médicos vasculares dizendo que eu não poderia mais praticar judô, eu enfrentei tudo de cabeça erguida. Me dediquei as fisioterapias, e comecei a fortalecer os joelhos na academia! Hoje graças a Deus, me sinto quase 90% recuperada, e pude mostrar que com dedicação e amor, conseguimos alcançar tudo o que almejamos. E que Deus está acima de qualquer coisa! Realizei o meu maior sonho de ser campeã brasileira de judô! Tenho uma história de superação que sempre que toco no assunto me emociono, e lembro de tudo que passei, é como um filme!”, afirma emocionada Fernanda.

 

Compartilhando sonhos

Fernanda também compartilha sonhos, e tem desenvolvido trabalhos em diferentes lugares visando passar não só sua experiência, como também mostrando os caminhos do esporte. Onde em 2007 começou a dar aulas de judô na cidade de Arcoverde (PE). Em 2008, recebeu uma proposta de implantar o judô na cidade de Pesqueira (PE). Hoje sinto-me realizada em ter formado um aluno faixa preta, André Maciel que está me reapresentando lá em Pesqueira, como também vários outros alunos graduados. São sem dúvida meu orgulho! E de 2014 a 2016, em Águas Belas, Fernanda esteve desenvolvendo o mesmo trabalho junto a Academia Performance, onde despertou a admiração de muitos alunos.

 

Demais conquistas de 2017

Ainda em 2017, Maria Fernanda participou de vários outros campeonatos: Copa Santa Sofia, Campeonato Pernambucano, Copa Troféu Nagai, Copa SESC Santo Amaro, Copa Erivaldo Moraes, Absoluto Sênior, Campeonato Brasileiro Regional e Campeonato Brasileiro Nacional que foi o último do ano, em todos estes, a atleta águas-belense sagrou-se campeã.

Esportista mostrando uma de suas conquistas

Fonte: Arquivo pessoal da atleta

 

Representando o IGS Web, parabenizo esta grande atleta não só pelo seu grande número de conquistas, mas sobretudo, por sua humildade e exemplo de superação que transcendem no seu esforço contínuo de ensinar, de transmitir a cultura construtiva do esporte através das artes maciais. Como diria outra grande figura do esporte local, Jairo Victor: “O dever do esporte é antes de tudo formar bons cidadãos”. E pessoas com essa história, ajudam a formar uma nova sociedade, parabéns!

Fonte: Ildebrando Gutemberg


Fale Conosco

Rua da Esperança 18, Ipanema Águas Belas - PE
(87) 9961-38039 | (87) 9816-45063 |
contato@igsweb.com.br