Notí­cias

Águas-belense publica livro com antropólogos da UFPB e de vários países sobre povos indígenas

Publicado dia 17/01/2020 às 19h36min | Atualizado dia 17/01/2020 às 19h39min
O livro traz abordagens e reflexões sobre a realidade dos povos indígenas de diferentes países da América do Sul

A pesquisa etnográfica sobre povos indígenas na América do Sul, ganhou um novo e importante estudo, no final de 2019. Foi lançado (ainda em sua versão digital) o livro: Povos indígenas e relações de poder: olhares sobre a América do Sul, pela Editora da Universidade Estadual da Paraíba em parceria com a Associação Brasileira de Antropologia - ABA. O livro além de conter autores de diferentes países, tem como um dos organizadores o antropólogo, filho de Águas Belas, Marcondes de Araújo Secundino, que vem se tornando um dos nomes de destaque neste campo de pesquisa em âmbito nacional.

 

O livro destaca a necessidade de uma análise e reflexão profunda. Na apresentação feita por Antônio Carlos de Souza Lima, professor do Museu Nacional/UFRJ, destaca: “No Brasil da CPI da Funai e do Incra, com o avassalador ataque dos interesses agropecuários aos direitos consolidados dos povos indígenas e comunidades quilombolas (assim como aos dos assentamentos rurais), a presente coletânea de textos é especialmente oportuna. Mostra-nos a insensatez,  ainda mais  evidente  no  cenário  contemporâneo,  de  operarmos  uma ‘cirurgia’ analítica em que se construa,  recortando-os de todo  universo  de  interação  real  e  cotidiana,  os  povos  indígenas enquanto entidades discretas,  dissociados das relações de poder que os trespassam,  sejam as que os articulam aos poderes de Estado,  sejam os da dita empresa privada,  sejam lá quais forem os limites que se demarquem entre universos de fronteiras tão tênues,  tanto mais no contexto latino-americano”.

 

E continua indicando o objetivo dos textos: “Os textos sinalizam para alguns dos principais desafios da disciplina enquanto tal, na ruptura com essas situações coloniais. Tais desafios podem ser percebidos na ação da Associação Brasileira de Antropologia.  Essa maneira de ver e conceituar a relação entre povos indígenas e relações de poder tem estado presente numa parte significativa da antropologia produzida em nosso país, bem como em outros contextos nacionais da América Latina”.

 

O livro é uma indicação de leitura para diferentes públicos, e está disponível de forma gratuita para dowload no site da Associação Brasileira de Antropologia no link a seguir http://www.aba.abant.org.br/administrator/product/files/145_00152003.pdf  Link para livro Povos indígenas e relações de poder: olhares sobre a América do Sul. Organizado por: Fabio Mura; Marcondes de Araújo Secundino; Alexandra Barbosa da Silva. ABA/EDUEPB.

Fonte: Ildebrando Gutemberg


Fale Conosco

Rua da Esperança 18, Ipanema Águas Belas - PE
(87) 9961-38039 | (87) 9816-45063 |
contato@igsweb.com.br