Notí­cias

Barragem: Ponte do Ipanema volta a ter fluxo, Prefeitura lança novo alerta sobre o Rio

Publicado dia 13/04/2020 às 20h44min | Atualizado dia 26/05/2020 às 23h16min
Acompanhe todo o histórico de acontecimentos dos últimos dias desde a grande enchente até a reabertura da ponte

No município, os estragos causados pelas recentes enchentes continuam a causar preocupação e incertezas na região. Desde o último dia 30/03, quando houve um grande volume de água que afetou parte considerável das diversas comunidades que ficam nas margens do Rio Ipanema, provocando destruição e medo, a população continua apreensiva e com razão.

Primeiro houve uma onda de notícias falsas que afirmavam que a Barragem do Rio Ipanema teria se rompido e iria inundar uma área ainda maior. O factoide serviu para provocar pânico nas pessoas, e na verdade tudo não passou apenas de boatos. Com o passar dos dias, houve um alerta da Prefeitura de Águas Belas (03/04) onde após inspeção no local junto com a Defesa Civil, constatou erosão na parede e um risco iminente de rompimento.

Prontamente, através de esforço político junto com o deputado Estadual Doriel Barros, foram deslocadas equipes técnicas da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, CPRM, Defesa Civil do Estado, Corpo de Bombeiros, Chesf e Departamento de Estradas e Rodagens de Pernambuco – DER (órgão responsável pela ponte). Após várias análises a ponte foi interditada no dia 04/04.

 

 

Na última quinta-feira (09/04), houve novas inspeções o último sábado (11/04), a ponte teve o fluxo normalizado, no entanto, a Prefeitura de Águas Belas publicou novo alerta nesta segunda-feira (13) relacionado a cuidados com a barragem. Segundo as autoridades locais, segue sendo tomados os encaminhamentos para reparos necessários para a barragem.  

 

 

O nível de água na barragem diminuiu muito desde a grande cheia. Segundo informações da Defesa Civil, originalmente, a Barragem do Rio Ipanema comportava mais de 1 milhão de metros cúbicos, atualmente devido a décadas de assoreamento, estima-se que a capacidade atual não chegue mais a um terço disso. Veja mais imagens da baragem clicando neste link ou em uma das fotos abaixo:

Imagem mostram vista panorâmica da barragem

 

Nesta imagem aproximada, é possível observar um dano no "sangrador" da barragem. motivo de preocupação para os pescadores, pois afirmam que se continuar a vazão, possivelmente há uma tendência de toda água represada ir embora aos poucos.

 

Pescadora lamenta perda da casa e preocupa-se com seu futuro as margens do Rio

Fotos: Ildebrando Gutemberg

Fonte: Ildebrando Gutemberg