Notí­cias

Indivíduo ataca e destrói estátua religiosa em Águas Belas a pedradas

Publicado dia 10/07/2020 às 17h38min | Atualizado dia 10/07/2020 às 17h40min
Ato aconteceu em plena luz do dia a monumento histórico erguido por moradores da localidade

Na tarde desta quinta-feira (09/07), a população de Águas Belas foi surpreendida por mais um ato de vandalismo na cidade. Desta vez, na Pracinha da Rua Cel Nicolau Siqueira, onde havia uma redoma de vidro com uma estátua do Pe. Cícero Romão Batista, monumento erguido por moradores da localidade e que tornou-se um ícone tradicional daquele espaço. Segundo relatos, um jovem denunciou a polícia que chegou a prender o indivíduo, contudo, parece que o mesmo apresentava problemas psicológicos, segundo informações, e foi liberado.

Um indivíduo com uma pedra na mão, realizou o ataque, destruiu o vidro e a estátua completamente, em plena luz do dia, por volta das 13horas da tarde de ontem, deixando todos os moradores do entorno revoltados por tamanha selvageria. Águas Belas é uma cidade marcada pelo desprezo ao patrimônio histórico, cultural e religioso, e esta não é a primeira vez que algo parecido acontece: o Cruzeiro Centenário, conhecido popularmente como Cruzeiro da Rua do Cemitério, peça única na região que marca a passagem do século XIX para o século XX, com o marco do ano santo proferido pela Igreja Católica em 1900, é um desses alvos. Constantemente pinchado, e segundo moradores do entorno, ponto rotineiro de pessoas que vão até o espaço para usar drogas, também sofre com a ocupação irregular, onde moradores expandiram seus muros de forma irregular, até bem próximo ao monumento; há alguns anos, uma comunidade espírita teve sua sede arrombada e diversos pertences subtraídos; a Capela da Mãe Rainha e o cruzeiro no alto da Serra do Comunaty é outra amostra, ao visitar o espaço, são incontáveis as pichações.

Soma-se a tudo isso, a total ausência de apresso por particulares ou entes públicos por espaços históricos ou casarões que temos por todo o município.   

Assista ao vídeo de moradores clicando em uma das imagens abaixo:

 

Fotos: Ildebrando Gutemberg

Fonte: Ildebrando Gutemberg