Notí­cias

Câmara de Vereadores aprova piso salarial para Agentes Comunitários de Saúde e Endemias

Publicado dia 27/07/2022 às 02h30min | Atualizado dia 27/07/2022 às 11h59min
Prefeito sancionou esta que é a maior valorização da história para a categoria em Águas Belas

Um dos projetos mais aguardados dos últimos tempos, foi aprovado hoje em segunda votação na Câmara de Vereadores de Águas Belas, trata-se do Projeto de Lei Complementar Nº 007/2022, de autoria do Poder Executivo, dispõe sobre o piso salarial dos Agentes de Combate às Endemias e Agentes Comunitários de Saúde do município, “nos termos da Emenda Constitucional Nº 120/2022, promulgada em 06 de maio de 2022”.

 

E as votações que ocorreram nesta segunda (25) e terça-feira (26), foram bem movimentadas, tanto nos debates, como na presença de representantes da classe. O diretor do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias (SINDACS-PE) no município, Fabiano Florêncio falou ao IGS Web sobre os diferentes momentos que resultaram nesta conquista: “Quero agradecer a todos os vereadores que compareceram em duas sessões extraordinárias para vota o projeto que regulamenta o piso salário dos agentes de saúde e de endemias de Águas Belas. Foi uma história de luta que começou em 2011 vindo a ser aprovado em 05 de maio de 2022 em Brasília, e hoje, dia 26 de julho sendo regulamentado aqui em Águas Belas em segunda votação, vale lembra que esses profissionais são muito importantes no acompanhamento das famílias do nosso município, principalmente aquelas de menos condições financeiras”.

 

Fabiano Florêncio, presidente do SINDACS-PE no município

https://scontent.fapq1-1.fna.fbcdn.net/v/t39.30808-6/296156040_2399466853529163_8082554037037943172_n.jpg?_nc_cat=101&ccb=1-7&_nc_sid=8bfeb9&_nc_eui2=AeGeZZQ0gUbKVkb7I_nEh9XiafPXcL9ETAlp89dwv0RMCZjpJ2mPga1Z2t4kndIm1FZlywrFZuz_a9kolq5POWOG&_nc_ohc=tivH7FiMoI0AX_owGTU&_nc_ht=scontent.fapq1-1.fna&oh=00_AT8tzlwWZwUu6ex7dxLxpCWkm1XmpP-IzpKBM5eEdYLgbw&oe=62E59278

Foto: ildebrando Gutemberg

 

O presidente da Câmara, o vereador Josué de Curral Novo, também falou sobre o Projeto: "Este projeto estabelece um salário digno a estes homens e mulheres que tanto contribuem para a nossa sociedade. Passamos por um momento de pandemia, e era eles que estavam na linha de frente, no primeiro cuidado nas casas dos águas-belenses, além de todo o trabalho desenvolvido durante a história da categoria. Por tudo isso, interrompemos o recesso da Casa para acelerar a votação do projeto e garantir o direito a todos e todas".

 

Presidente fazendo seu pronunciamento a favor da aprovação do Projeto

Foto: ildebrando Gutemberg

 

Através das redes sociais, duas figuras também se pronunciaram, primeiro o vereador Emílio de Tanquinhos: “Vereador Emílio de Tanquinhos com os demais Vereadores aprovaram em sessão extraordinária o projeto que regulamenta o salário dos Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate a Endemias. Estabelecendo o novo piso salário de acordo com a Lei Federal, passa a ser 2.424,00 ( dois mil e quatrocentos e vinte e quatro reais)”.

 

Vereador Emílio de Tanquinhos em seu discurso

Foto: Ildebrando Gutemberg

 

O prefeito Luiz Aroldo que capitaneou a articulação junto a bancada de Situação e sancionou a Lei, anunciou: “Pessoal, passando para informar que implementamos há pouco a maior valorização da história dos nossos agentes comunitários de saúde (ACSs) e de combate às endemias (ACEs). A partir de agora, eles passam a receber o novo piso nacional, no valor de R$ 2.424,00. Além disso, nossa gestão irá pagar um adicional de 20% de insalubridade sobre o salário-base dos ACSs e ACEs. O reajuste salarial será pago na folha salarial de julho, com retroativos a maio e junho. Esse é uma conquista merecida para esses profissionais tão essenciais para o SUS, e que atuam na promoção da saúde das famílias e no combate às endemias”.

 

Prefeito Luiz Aroldo com profissionais da categoria

Foto: Arquivo Pessoal/Luiz Aroldo

 

Parabenizamos os Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias por essa conquista, que continuem firmes na luta por direitos e no dever de servir a população da qual fazem parte.

 

Representantes da categoria e vereadores comemoraram a aprovação

Foto: Ildebrando Gutmberg

 

Fonte: Ildebrando Gutemberg - Redação IGS Web