Polí­tica

Chapéu de Palha emergencial garante 4 parcelas no valor de quase 300 reais em Pernambuco

Publicado dia 01/09/2021 às 19h18min | Atualizado dia 14/09/2021 às 23h32min
Através de articulação do deputado Doriel Barros, pescadores, trabalhadores e canavieiros terão direito ao benefício

A partir da articulação  do mandato do deputado Doriel Barros junto com os pescadores artesanais,  os canavieiros e canavieiras,  a  Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais (Fetaepe)  e seus Sindicatos filiados,  o Governo do Estado enviou, hoje, para a Assembleia Legislativa (Alepe),  um Projeto de Lei que garante o pagamento de quatro parcelas, no valor de até R$ 271,10, às pessoas que estão desempregadas nessas categorias, em virtude da entressafra, e que não sejam beneficiárias do Programa Chapéu de Palha.

 

Dessa forma, a Gestão Estadual atende às indicações apresentadas por Doriel Barros na Alepe e às articulações realizadas com várias secretarias e com o próprio governador Paulo Câmara. Cerca de quatro mil famílias serão beneficiadas com o Cartão Social Emergencial.


Esses trabalhadores respondem a todos os critérios para receberem o  Chapéu de Palha, mas não foram inscritos porque houve o cancelamento do cadastramento presencial como medida de prevenção à Covid-19.


"Agora vamos trabalhar para que esse projeto seja aprovado o mais rápido possível na Assembleia, pois a fome não espera. Não vamos desistir de lutar até que esses homens e mulheres tenham acesso a esse benefício", afirmou o parlamentar.

Fonte: Ascom/DB